As dificuldades fortalecem o casamento?

9 de junho de 2016

Abraçados11) “Essa questão de fortalecer o relacionamento com as ‘tempestades da vida’ é realmente importante ou parece mais discurso que apenas serve para justificar os problemas e brigas numa relação destruída?”

Muitas pessoas ultimamente, devido à sua incapacidade de lidar com seus conflitos dizem: “Se eu tiver problemas, vou partir para o divórcio!”. Infelizmente, existem pessoas que entram no casamento, pensando em “quando vão acabá-lo!”.

Não somente pastores, mas líderes de diversas religiões, além de conselheiros familiares, advogados e juízes da vara de família, concordam em afirmar: grande parte dos divórcios, acontece por motivos banais e que, com um pouco de perseverança e sensatez, muitos casamentos poderiam ser preservados.

Até pessoas que dizem conhecer a Bíblia e ter um compromisso sério com Deus, têm uma dificuldade imensa em: conversar equilibradamente, reavaliar atitudes, ceder naquilo que é possível, parar de pensar apenas nos seus próprios interesses, refazer conceitos em benefício do cônjuge e da família.

Às vezes não podemos evitar as “tempestades da vida”, mas quando elas acontecem devemos aprender com elas. Em Romanos 5:3-5 diz: “… mas também nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança; a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança. E a esperança não nos decepciona, porque Deus derramou seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo que ele nos concedeu”.

Esta passagem mostra que nossos problemas e tribulações são momentos de aprendizado (permitidos por Deus), pois devem produzir perseverança. E esta perseverança produzirá em nós um “caráter aprovado”, que por sua vez renovará em nós a “esperança que não decepciona”. Muitos casais querem usufruir da “esperança”, sem passar pelo doloroso processo dos problemas e tribulações.

Deus poderia nos poupar de passar pelos problemas? Sim, poderia, pois como Deus Ele pode todas as coisas. Mas por que Ele não tira as dificuldades de nós? Problemas e tribulações visam amadurecer-nos como seres humanos, não só para realizarmos neles o que é humanamente possível, mas para consolarmos outras pessoas, após termos passado por estas situações: “Bendito seja Deus (…) que nos consola em todas as tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações” (2Co 1:3-4).

Não podemos fugir do processo: sem “perseverança” enquanto estamos debaixo do “fogo” dos problemas, não aprenderemos a ter maturidade e nos distanciaremos de desfrutar a “esperança” que tanto desejamos. É preciso lutar e insistir, lembrando que o sucesso no casamento e na vida, está intimamente ligado à nossa atitude de perseverar!

2) “Existe alguma crise que seja mais dura? Ou mais comum?”

O Criador nos fez assim: humanos, porém diferentes. Cada um com suas percepções, sentimentos, desejos, necessidades, afetos, seu jeito de ser, agir e sentir. Enfim, com história de vida, personalidades, temperamentos diversos, interpretamos os fatos de diferentes maneiras. Cada um tem a sua dor. Alguns enfrentam as dores com mais facilidade. Outros nem tanto. Mas alguns têm grandes dificuldades de passar por uma crise. O que é suportável para um, não o é para outro. Pois cada um sente de um jeito.

Deus nos dá um conselho maravilhoso em Gálatas 6.2, diz: “Levai as cargas uns dos outros”. Refere-se a alguns momentos difíceis das nossas vidas, onde sentimos que sozinhos não suportaremos. Seja por uma dor, um sofrimento, uma perda, ou crise. Nestas horas precisamos compartilhar nossas angústias. Os momentos de “crises” são as nossas cargas, as nossas rochas pesadas, que sozinhos não temos forças para carregar. Há necessidade de termos pessoas com as quais possamos dividir o peso. Alguém que nos dê um bom conselho, ore, exorte, dê um suporte ou que apenas nos abrace e console. Enfim, que esteja ao nosso lado, para que possamos carregar com mais tranquilidade a nossa carga, quando esta estiver pesada demais, por alguma circunstância da vida.

(Entrevista de Sergio e Magali Leoto ao jornalista Marcos Stefano – Revista The Love School)

Você gostaria de nos levar à sua Igreja?

Informações: Envie um e-mail para smleoto@uol.com.br , ou ligue para nós!

Fones: (11) 3288-2964 e 99957-0451

 

Share Button

Deixe seu Comentário

Comentários

Comentários