Quando casar, sara?

21 de janeiro de 2016
discussão2“Estou namorando há algum tempo e já estamos pensando em casamento. Só que a pessoa tem alguns defeitos, que eu não gosto. Às vezes, eu penso que quando nos casarmos, estes defeitos irão melhorar. Será que isso é verdade?”

Resposta: Uma cena muito comum, quando uma criança se machuca, é ouvir a mãe tentando acalmar a situação, dizer ao filho: “A mamãe vai dar um beijinho no seu dedo! Não se preocupe, que até você casar, sara!”. E assim, crescemos, com essa crença de que “quando casar, sara!”.

A verdade é que existem certas feridas, no relacionamento de namoro, que se não forem sanadas desde já, elas não desaparecerão no casamento! Pelo contrário, ao invés de serem curadas, elas infeccionam de uma tal forma, que destroem famílias. Em outras palavras: se há algo no outro, que é difícil de lidar, tendo você notado isto desde o namoro, é necessário resolver antes de casar e não deixar para depois!

Você já parou para avaliar, as qualidades que deseja encontrar, na pessoa amada? Cada um tem seus sonhos e expectativas, sobre o outro. Lembre-se que todos nós temos algo de bom, mas temos também nossas dificuldades. Não existe ninguém perfeito ou ideal.

Você precisa ter bem definido em sua mente, quais são os seus valores e não abrir mão deles. Aliás, este é um bom exercício a ser feito. Separe alguns minutos, para pensar e escrever num papel cinco valores, que você considera mais importantes em sua vida. Assim ficará bem mais fácil, avaliar a pessoa que você está namorando! Se ela der a mesma importância que você, para estes valores, já é um bom início! Mas, lembre-se que isto é só o começo!

Vamos apresentar agora, algumas perguntas que você deve responder, sobre a pessoa com quem pretende se casar, para não sofrer surpresas e decepções no relacionamento, depois de casar.

Veja algumas situações:

– O que a pessoa pensa sobre Deus? Verifique se ela dá um bom testemunho, de uma vida comprometida com o Senhor.

– Como a pessoa reage, às fraquezas e defeitos que você tem?

– Como a pessoa enfrenta os problemas que a vida taz? Se desespera, é passiva ou enfrenta?

– É uma pessoa possessiva? É ciumenta?

– É uma pessoa briguenta?  É agressiva? Costuma fazer ameaça ou violência verbal?

– Como a pessoa lida com a raiva? Perde a calma com facilidade?

– Quais são seus alvos para o futuro?

– Como a pessoa lida com dinheiro? É responsável com o que ganha ou gasta “conforme dá na cabeça”?

Estas são apenas algumas questões, que irão interferir no futuro de uma vida a dois. Mas, se já no namoro, existem dificuldades para lidar com algumas delas – não é bom sinal! Isso quer dizer, que enfrentarão problemas nestas áreas, dentro do casamento!

A Bíblia diz que “quem planta, colhe” (Gl 6.7-8). Namoro é o tempo de plantar, para o resto de uma vida a dois. Se você escolher mal, a pessoa com quem irá casar, vai ter que assumir as consequências de sua escolha! Portanto, use o tempo do namoro, para muita conversa e observação! É claro, que você não irá conhecer completamente o outro. Afinal, estamos sempre nos transformando, a cada dia. Mas, a personalidade e a maneira como agimos, são mais estáveis.

Temos um perfil, que quase não muda. Portanto, há certas características da pessoa, que não irão mudar, após o casamento. Elas fazem parte do seu jeito de ser! Talvez, ela possa aperfeiçoar-se, flexibilizar-se, ceder em algumas situações, pois isto faz parte de uma boa convivência. Mas, mudar radical e completamente em função do outro, isso seria anular-se. Seria despersonalizar-se. E isso, não é saudável para ninguém!

O namoro, tem o propósito de oferecer oportunidades, para que os parceiros se conheçam mutuamente – descubram se a pessoa com quem namoram, será a melhor companhia para o resto de suas vidas. Portanto, não se deixem envolver apenas pelas emoções, aproveitem este tempo com sabedoria e inteligência, para fazerem uma boa escolha.

(Este texto é parte do Livro: “Histórias de Amor com Um Toque Divino” de Sergio e Magali Leoto, Editora Thomas Nelson Brasil, www.thomasnelson.com.br)

Você gostaria de nos levar à sua Igreja?
Informações: Envie um e-mail para smleoto@uol.com.br , ou ligue para nós!
Fones: (11) 3288-2964 e 99957-0451
Share Button

Deixe seu Comentário

Comentários

Comentários