Tipos de Liderança

16 de março de 2015

Lideranca4Alguns tipos de liderança são mais comuns como a Autocrática, Democrática e Liberal. Queremos destacar a Liderança Situacional, baseia-se no fato de que cada situação requer um tipo de liderança diferente. Cada um deles tem os seus prós e seus contras. A personalidade de quem dirige interfere em muito na maneira de liderar. Devido a nossa experiência de tantos anos de liderança, a nossa sugestão é que seja utilizada a liderança situacional principalmente no trabalho entre os jovens e adolescentes.
O importante é que você encontre a sua maneira de liderar, que seja a mais adequada a sua realidade e visão do trabalho.

  1. LIDERANÇA AUTOCRÁTICA

  • Este tipo de liderança caracteriza-se pela confiança na autoridade e pressupõe que os outros nada farão, se não lhes dor ordenado. Geralmente não se importa com o que os liderados pensam além de desestimular inovações.
  • O líder autocrático, julga-se indispensável, mostrando que só a sua maneira de fazer as coisas é a correta. Toma uma postura muitas vezes paternalista, sentindo-se feliz por notar que os outros dependem dele. Divide pouquíssimo serviço, preferindo fazê-lo.· É comum por parte deste líder, reações coléricas, de irritação, de incompreensão com erros alheios. Infunde um certo temor nos liderados, para que não o contradigam. Usa de artifícios para que o obedeçam sem dialogar.
  • As decisões são tomadas com rapidez, o que é muito positivo. Mas, quando um líder autocrático termina seu mandato, muitas vezes o grupo fica perdido, não está acostumado a tomar suas próprias decisões, provocando um vácuo no poder de comando.
  1. LIDERANÇA LIBERAL

  • É o tipo de liderança chamada de “Laissez-faire” (traduzindo do francês para o português: “deixa-fazer”). É o chamado “deixa como está para ver como é que fica”.
  • Este líder acha que seu principal trabalho é a manutenção do que já foi conseguido. Não dá ordens, não traça objetivos, não orienta os liderados, apenas deixa correr. É comum encontrarmos liderados inconformados com esta atitude.
  • A liderança liberal, muitas vezes, é exercida por pessoas que pretendem ausentar-se com frequência do grupo. Não querem ter o trabalho de organizar, planejar e fiscalizar. Em muitos casos, foram eleitos porque ninguém queria o cargo ou então porque queriam apenas o título de líder não tendo a garra e a vontade de liderar.
  1. LIDERANÇA DEMOCRÁTICA PARTICIPATIVA

  • Neste estilo de liderança, todo o grupo pode e deve contribuir com sugestões. A responsabilidade do líder, é dirigir estas opiniões para que, na prática, atinjam os objetivos esperados. O líder, com sua experiência, deve alertar sobre pontos difíceis e ideias que já foram tentadas no passado, mas sem sucesso.
  • A esperança neste caso, é fazer com que o grupo entenda que atingir objetivos é responsabilidade de todos e não apenas da liderança.
  • O líder que aplica este estilo, geralmente, tem um conceito equilibrado sobre si, não temendo que haja liderados que sejam melhores do que ele, em determinados aspectos. Para ele é fácil entender e compreender seus liderados, bem como ouvir e aceitar opiniões diferentes das suas.
  • Aqui, a dificuldade é a demora para tomada de decisões em tempos de crises.
  1. LIDERANÇA SITUACIONAL

  • Baseia-se no fato de que cada situação requer um tipo de liderança diferente, para se alcançar o melhor dos liderados. Um líder situacional deve ser versátil e flexível, sabendo adequar seu estilo, de acordo com a pessoa com quem trabalha e coma situação.
  • Este líder, utiliza o que há de melhor nas lideranças AUTOCRÁTICA, LIBERAL e DEMOCRÁTICA e aplica, dependendo do grupo que tem à mão e da circunstância.
  • O líder situacional pode escolher entre quatro tipos de ação:a) Direção – Dá instruções específicas e supervisiona rigorosamente o cumprimento das tarefas. Esta ação é usada, principalmente, com pessoas inexperientes, mas de bom potencial para aprender.b) Treinamento – O líder também dirige e supervisiona a realização das tarefas, mas solicita sugestões e explica suas decisões. Esta ação é utilizada com pessoas inexperientes, mas que perderam seu interesse inicial. Elas alcançaram algum desenvolvimento, mas precisam ter desafios de novas perspectivas. Seus progressos devem ser elogiados.c) Apoio – O Líder ajuda e apoia os esforços dos liderados para cumprirem as tarefas, dividindo com eles as decisões. Esta ação é para ser utilizada com pessoas inexperientes, mas que apreciam um estilo mais participativo. Pessoas que gostam de serem ouvidas e apoiadas, mas que têm dificuldades em tomar decisões, necessitando, assim, do suporte do líder.d) Delegação – O líder passa as responsabilidades de decisão aos liderados. Esta ação é apropriada para pessoas experientes, que sabem como se portar diante de crises e problemas, achando, por si mesmas, as soluções criativas.

NÍVEL DE DESENVOLVIMENTO TIPO DE AÇÃO APROPRIADA
Baixa Competência
Comprometimento Alto
DIRIGIR
Estruturar, Controlar, Supervisionar
Alguma Competência
Comprometimento Baixo
TREINAR
Dirigir e Apoiar
Alta Competência
Comprometimento Variável
APOIAR
Elogiar, Ouvir, Facilitar
Alta Competência
Comprometimento Alto
DELEGAR
Transferir responsabilidade pela
tomada de decisões rotineiras

A Liderança Situacional é a que mais se adapta ao treinamento de novas lideranças. Tem se utilizado muito no meio organizacional. É uma excelente ferramenta para o líder que lida com uma equipe que está sempre mudando de pessoas no grupo e instável como acontece nas igrejas.

Você gostaria de nos levar à sua Igreja?
Informações Clique Aqui ou ligue para nós!
Fones: (11) 3288-2964 e 99957-0451

Share Button

Deixe seu Comentário

Comentários

Comentários